Resenha Fazendo Meu Filme 2

Oi gente!

Fiz a Resenha do segundo livro da serie Fazendo Meu Filme. No vídeo contei como foi o Intercâmbio da Fani, os amigos que ela fez, a relação com sua família inglesa, entre outras coisas.

♥ASSISTA AO VÍDEO

Não deixem de clicar em gostei e comentar!
♥Para acompanhar o conteúdo do canal, se inscreva: youtube.com/user/ivinhaxinha1
Fazendo Meu Filme 2.Still002

Resenha Fazendo Meu Filme 1 – Paula Pimenta

Oi meninas!

Agora na maratona literária de inverno decidi ler os livros Fazendo Meu Filme da Paula Pimenta. Quando comecei a ler só sabia que era um Romance, mas não sabia como era a historia, preferi não ver nenhuma resenha pra ter a surpresa. Achei o livro muito fofo e por a autora ser brasileira se tornou mais especial. Bom, no vídeo eu falo melhor sobre a historia e o que achei.

♥ASSISTA AO VÍDEO

Não deixem de clicar em gostei e comentar!
♥Para acompanhar o conteúdo do canal, se inscreva: youtube.com/user/ivinhaxinha1

Resenha Fazendo Meu Filme 1.Still002 Resenha Fazendo Meu Filme 1.Still004
Livro de Colorir Jardim Secreto

Oi gente! Tudo bem por aí?

Hoje vim falar dos livros de colorir para adultos. Esses livros são febre por todo o país. Aposto que se você não tem um desses, tem alguém próximo que está empolgadíssimo com o livro e lápis de cor. Os dois livros mais famosos são Jardim Secreto e Floresta Encantada, da autora Johanna Basford, mas já existe outras muitas opções. O objetivo é “desestressar” quando estiver colorindo.

Fico pensando nos desenhos que sempre existiram na internet e nunca se ouviu falar em pessoas imprimindo pra pintar, e do nada, o país inteiro se interessou por esses livros. Achei intrigante, mas ok, o importante é que as pessoas estão fazendo algo bem simples que as fazem se sentir bem, porque hoje em dia é internet 24h ~eu que o diga!~ Mas fica a dica de olhar desenhos na internet, com certeza tem vários.

jardim-secreto

Esses livros tem em média 76 páginas para colorir, e as folhas são bem resistentes podendo passar o lápis de cor bem forte que não vai estragar. Aqui usamos além dos lápis de cor, as canetinhas ~uma imitação da stabilo mas tão boa quanto~ e deu tudo certo, as cores ficaram mais fortes e deu vida aos desenhos.

jardim-secreto-ivna3

O livro é indicado para adultos, os desenhos tem muitos detalhes ~muitos detalhes meeesmo~ é realmente um passatempo e as crianças não teriam a paciência para desenhos tão pequenos. Quem só olha, deve imaginar uma bobagem, mas depois de começar a pintar o primeiro desenho não se quer mais parar. Esse livro das imagens é da minha mãe ~alô mãe, suas pinturas caíram na net! kkk~ e ela está amando. Ainda está no começo do livro mas já planeja comprar mais canetinhas, pois está achando pouca as opções que ela tem de cores! Eu ainda não comprei nenhum, mas de tanto ver a empolgação dela, estou com vontade de ir atrás do meu.

jardim-secreto-ivna1

Acredito que tem em todas as livrarias, talvez não encontre por estar em falta já que a procura tem sido enorme. Esse Jardim Secreto foi comprado na livraria Cultura e custou R$26,90. Já vi esses dias no site do Submarino por R$20,90 qualquer um dos dois.

jardim-secreto-ivna2

Os desenhos tem tantos detalhes e além de muitas plantas e folhas, também tem alguns animais. São desenhos lindos! E vamos lá que tem muita folha pra ela pintar! :)

jardim-secreto-ivna4Beijos!

 

A historia da Make Up For Ever

Oi pessoal! Tudo bem? Estive pensando em escrever um pouquinho sobre historias de empresas que deram certo. Me interesso muito por esse tipo de assunto, então quero convidar todos vocês a conhecerem comigo ótimas historias! Assim, não quero escrever um milhão de coisas cansativas, mas o que realmente importa, como curiosidades e informações legais. :)

make-up-forever-ny

Então hoje vou contar um pouco da historia de uma marca que tem virado a cabeça das mulheres! Podemos começar falando da moça responsável por tuuuudo isso, a Dany Sanz, uma francesa, que foi pintora e escultora e logo se tornou uma make up artist. Tudo começou quando ela estava fazendo pintura corporal para um show de teatro. Foi quando o make up artist do evento viu que ela sabia pintar muito bem e pediu para ela ajudar, pois estavam com a equipe muito pequena. Ao assistir a peça, ela viu sua pintura corporal ganhar vida no palco e foi aí que ficou conhecida como a “mulher da pintura corporal de Paris”. Então, foi quando os maquiadores começaram a pedir que ela os ensinassem a pintar corpos e dar dicas.

Dany-Sanz-Make-Up-forever

Na década de 80 não tinha muitos produtos disponíveis no mercado, existiam poucas cores, era um número limitado de tons. Então, a francesa resolveu criar seus próprios produtos, em casa mesmo, tanto pra ela, como para seus alunos maquiadores. Dany Sanz no perfil de artista precisava de algo além de uma simples maquiagem sem cor. Assim, ela desenvolveu produtos de alta qualidade e voltados para os artistas maquiadores. Nunca havia planejado criar nada, mas foi meio que necessário, quando muitos maquiadores de seu país já batiam a sua porta atrás de seus produtos. Foi aí que a criação da marca surgiu!

Desde o início trabalhou com grandes profissionais, sendo assim impulsionada a chegar em objetivos que atendessem suas necessidades especificas.  Acredito que ninguém consegue ser um ex-pintor ou ex-escultor, apenas não se vai mais trabalhar com isso, mas não vai deixar de ser, tem coisas que está dentro de nós e não dá pra ser um ex isso ou aquilo. Só melhoramos o que já fazíamos.   Sanz apenas acrescentou mais qualificações ao seu perfil, e se tornou make up artist, e claro, criadora e diretora da Make Up For Ever. E o nome de francês não tem nada, né? Mais em baixo falo disso!

dany-sanz-maquiando

E foi em 1984 em Paris, no ateliê da maquiadora Dany que criou a marca. Ela criou pensando em redesenhar rostos, a maquiar como um artista. Como pintora, ela define o rosto como uma tela a ser pintada. Então, os produtos foram inicialmente vendidos somente para uso profissional, assim como era para ela uma paleta de pintor, criou uma paleta de maquiagem para todos os artistas. A satisfação dos maquiadores profissionais eram a sua prioridade. Hoje isso mudou. São vendidos para todos, as maquiagens são populares graças pai, podendo ser adquirido pelo consumidor final: nós meras humanas loucas por maquiagem! Até porque essa coisa de se maquiar mudou muito, hoje em dia qualquer um pode fazer uma boa maquiagem.

dany-sanz-make-up

O que tem sido muito comentado no momento, é o nome Inglês mesmo a marca sendo francesa. Muito engraçado isso, mas o que importa é que o nome funcionou super bem. Ela chegou a pensar em make up artist, mas o nome era muito moderno para a época. Outra coisa legal, foi no lançamento da famosa base HD Invisible Cover Foundation, com a decisão de publicar a primeira campanha de make up sem retoques. Então a primeira campanha teve destaque por não ter photoshop. Foi certificado através de cartório e tudo, e foi também uma super jogada de marketing. Tenho certeza que essa base levou muitos consumidores até a Make Up For Ever!

campanha-base-hd

E aí gostaram? :*

dany-sanz-make

Livro x Filme: O Diário da Princesa

Como em muitos filmes que são inspirados em livros, o filme “O Diário da Princesa” também é diferente do que a autora da historia escreveu. São várias diferenças bem importantes, mas que ao meu ver deixaram a história mais fofa! E gente, é apenas uma inspiração né? Eles podem fazer o que quiser…

Então vamos ver uma listinha de algumas diferenças.

Continuar lendo »

ME SIGA NO INSTAGRAM @IVNACASTRO

Ilustrações: Livia Beltran - Design e programação: sara silva